Resenha: Quem é Você, Alasca?

Após ter terminado o melhor livro que li até agora nesse ano, tento me lembrar do motivo pelo qual comprei Quem é Você, Alasca? (título original e muito mais interessante Looking for Alaska) e não consigo me decidir. Ele estava na lista de livros recomendados de acordo com minhas compras passadas, e sua capa, ah sua capa me chamou a atenção. Uma vela. A fumaça. E então eu li a sinopse e soube que precisaria ler, precisaria saber o que era antes, o que viria depois e o que aconteceu para mudar tudo.

Miles mora na Flórida com seus pais e tem um total de zero amigos. Ele parece não se importar muito com isso, mas já se cansou da vida pacata que leva. Viciado em ler biografias de pessoas cujos trabalhos ele nunca se interessou em saber, a obsessão real de Miles está em colecionar últimas palavras. Inspirado pelas últimas palavras do poeta François Rabelais (“Vou em busca de um Grande Talvez”) Miles se muda para o Alabama, para estudar no colégio interno Culver Creek. É lá que ele faz seu primeiro amigo (Chip Martin, mais conhecido como Coronel) e é também lá que ele conhece Alaska e o seu grande talvez começa.

O livro é dividido em duas partes (antes e depois), e pra mim essa é uma das grandes maravilhas que John Green transmite em Looking for Alaska. Como certos momentos na vida de uma pessoa são completamente decisivos e mudam o resto de suas vidas. Além disso, o livro toca brevemente em aspectos de diferentes religiões, e os personagens são extremamente cativantes. Fonte de controvérsia em algumas escolas norte-americanas devido ao conteúdo um tanto quanto explícito, Looking for Alaska merece toda a atenção que recebeu da crítica, e certamente merece ser lido e relido e compartilhado.

Capa Americana de Looking for Alaska

Ficha Técnica

Título: Quem é Você, Alasca? (Looking for Alaska)
Autor: John Green
Editora: WMF Martins Fontes (Brasil), Penguin Groups (EUA)
Páginas: 240
Avaliação: 5/5 estrelas

About these ads

22 respostas em “Resenha: Quem é Você, Alasca?

  1. Adorei a resenha Ily! Eu já conhecia o livro e está na minha lista de compras! Mas admito que com a sua resenha, ele subiu um pouco na minha lista de prioridades hahaha!

    • Espero que não se decepcione hehe. Mas é realmente muito bom, li em menos de 24 horas (não é um livro longo) e os personagens são totalmente cativantes. Acho que você vai gostar sim!

    • Eu já tinha visto alguns vídeos dele, mas esse foi o primeiro livro que li. Me encantei! Vou comprar/ler os outros em breve!!

  2. Ily!!!! Lemos o mesmo livro ao mesmo tempo!!!
    Também adorei “Quem é você, Alasca?”!!!
    Li super rápido também! (No meu caso, comprei na sexta e terminei no sábado).
    Fiquei super curiosa para ler outros livros do John Green!!!
    Beijos!

    • Eeeee hahaha agora só falta você ler Number Four!
      Eu também li rapidão, de um dia pro outro. É um livro curto e a leitura flui facilmente! Amei demais, certamente o melhor livro que li esse ano!

  3. Eu fiquei pensando… Alaska se trata do lugar ou de uma pessoa? *a mais perdida*
    Mas me deixou curiosa sobre a história e a polêmica por ela ser um pouco explícita como vc falou. rsrs

    Vai entrar na fila. ^_^

    • Então, quando eu vi a primeira vez pensei que fosse o lugar. Mas é uma menina, Alaska Young. Lá pro meio do livro a gente descobre o motivo dela se chamar Alaska e é bem interessante. Leia sim, Lu, vale a pena. É deliciosamente bem escrito!

  4. Pingback: Resenha: Will Grayson, Will Grayson | Por Essas Páginas

  5. Pingback: Meu Autor de Cabeceira: John Green | Por Essas Páginas

  6. Eu li esse livro em 12 horas e to em prantos até agora. Que coisa mais linda! Amei!

    Quanto à controvérsia do conteúdo explícito, who cares?

    • Ninguém se importa, mas é um fato interessante a ser destacado hehe

      Eu me senti assim quando terminei de ler também, Mel. Procura WG, WG (tem resenha aqui no blog) e Paper Towns… Paper Towns é lindo, apesar de Alaska ainda ser meu preferido!

  7. Pingback: Resenha de Livro: Quem é você, Alasca? [Looking For Alaska] « Mundo de Coisas Minhas

  8. Pingback: Resenha: Night Road, Kristin Hannah | Por Essas Páginas

  9. Pingback: Top Ten Tuesday: Dez livros que espero que Papai Noel traga | Por Essas Páginas

  10. Pingback: Retrospectiva Literária « Viajando Sem Dinheiro

  11. Pingback: Meu Autor de Cabeceira: John Green « Por Essas Páginas

  12. Pingback: Top Ten Tuesday: Dez livros que espero que Papai Noel traga « Por Essas Páginas

  13. Parceira, eu finalmente conheci Jonh Green, e graças a você!
    Terminei de ler hoje Looking For Alaska. Confesso que demorei para engrenar, e foi por causa do Before. Eu ficava pensando “onde ele quer chegar com isso?”, mas ia lendo aos poucos, começando a me interessar pouco a pouco pelas personagens (aliás, eu gosto muito do Colonel e do Takumi, e depois passei a gostar da Lara também). Mas foi quando eu fui chegando no final do Before, e comecei a entender o que estava prestes a acontecer (e foi emocionante aquele jogo do melhor e pior dia), foi que eu realmente me envolvi e li o After de ontem pra hoje.
    O After foi maravilhoso. Toda a busca, toda a culpa, tudo, tudo, foi ali que realmente conhecemos de verdade as personagens, especialmente Alaska. Foi quando pude entender realmente o livro, e foi o que eu mais gostei de ler. E o final tocou fundo.
    E agora posso dizer que conheço Jonh Green e adoro ele (e não é só por causa dos vídeos muito nerds! hahaha).
    Obrigada pela experiência, Parceira! :)

  14. Pingback: Resenha de Livro: Quem é você, Alasca? [Looking For Alaska] | Mundo Mel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s