Resenha: Jogos Vorazes, Suzanne Collins

Olááá,

Meu nome é Elaine, mas podem me chamar de Lany, e esse é o meu primeiro post aqui no blog! Adoro ler livros infanto-juvenis (ou young-adults, mas como aqui não tem essa classificação…) e eu AMO chick-lit, aventura e romance (principalmente os sobrenaturais).

E a minha primeira resenha será de um livro que foi o último que eu li e que adorei: Jogos vorazes, primeiro livro de uma trilogia escrita por Suzanne Collins.

Após o fim da América do Norte, uma nova nação chamada Panem surge. Ela é formada por doze distritos e é comandada pela Capital. Como represália por um levante contra a Capital, a cada ano os distritos são forçados a enviar um garoto e uma garota de 12 a 18 anos para participar dos Jogos Vorazes, uma competição transmitida ao vivo pela televisão. As regras são simples: os 24 tributos, como são chamados os participantes, são levados a uma gigantesca arena e devem lutar entre si até só restar um sobrevivente. O vitorioso, além da glória, leva grandes vantagens para o seu distrito.

E é do Distrito 12 que temos os dois grandes protagonistas deste livro: Katniss e Peeta. Peeta, filho do padeiro da região, foi sorteado, juntamente com a irmã mais nova de Katniss, Prim. Para evitar que a sua irmã seja a mais nova vítima dos jogos, Katniss se oferece para participar.

O livro todo é descrito do ponto de vista da Katniss, o que torna a história mais interessante, já que a gente tem contato com todas as emoções dela. Diferentemente de muitas outras protagonistas, ela é forte e independente. A cada página virada é uma surpresa e a autora não perdoa ninguém. O leitor não consegue ter nenhum senso de segurança durante o livro; em qualquer momento, o seu personagem favorito, ou aquele que você começou a gostar pode simplesmente… Morrer. Os Jogos Vorazes nada mais é do que um grande reality show para os cidadãos de Panem. Uma versão cruel, mas ainda assim, um reality show. Jogos esse que mantém a população indefesa através do medo, medo de seus filhos terem que ir pra essa grande arena de batalha.

Outro ponto positivo do livro é o romance. Na maioria dos livros que eu leio, eu sempre consigo escolher qual personagem que eu quero que fique com a protagonista. Mas em Jogos Vorazes? Eu sei qual o personagem que eu gosto mais, mas eu não sei se é ele quem deve ficar com a Katniss. Toda a evolução amorosa desse livro foi lindamente escrita, chegando a me fazer parar de ler por alguns minutos, de tão grande que eram os sentimentos que eu conseguia sentir durante a minha leitura. Eu gritei, eu quase chorei, eu quis abraçar uns personagens, bater em outros…

Sentimentos esses que me levaram correndo a ler Catching Fire, o segundo livro da série, logo quando terminei de ler o primeiro (este ainda não foi traduzido aqui no Brasil). Se você gosta de aventura com romance, o que está esperando para ler esse livro? Corra para a livraria mais próxima! Você não sabe o que está perdendo! E que os Jogos Vorazes comecem!

Ficha técnica:

Título: Jogos Vorazes
Título Original: The Hunger Games
Autora: Suzanne Collins
Editora: Rocco Jovens Leitores
Páginas: 400
Avaliação: 5/5 estrelas
Continuação da série: Catching Fire e Mockingjay (ainda não traduzidos)

18 respostas em “Resenha: Jogos Vorazes, Suzanne Collins

  1. Ahh você me deixou ainda mais ansiosa pra ler essa série! Vai ser minha próxima aquisição, certamente! Você fala sobre o fim da América do Norte… como é descrito isso? Algo no estilo extinção dos dinossauros e uma nova raça surgiu, como acontece? Fiquei curiosa haha!

    Também acho sacanagem não “existir” young adult no Brasil, porque a definição seria bem diferente de infanto-juvenil, até onde eu entendo. Fazer o quê né? Vamos “inglesar” tudo rsss

    • Na verdade, essa parte, ela ainda não explicou em detalhes. Mas todos continuam humanos “normais”. O que dá para entender é que algumas pessoas resolveram “tomar conta” da América do Norte, mudando totalmente a estrutura. E se algum destrito tenta se rebelar, acontece igual o que eles falam que aconteceu no Distrito 13: eles jogam uma bomba e acabam com tudo. Os Jogos Vorazes é exatamente uma forma de espalhar o medo pela sociedade e fazer com quem ninguém se rebele.
      Eu acho que no terceiro livro da série, a gente vai entender melhor isso. O que a gente sabe, infelizmente neste caso, é o que a protagonista sabe, e infelizmente, não é muita coisa!

      • Uau, realmente lembra um pouco 1984, como a Sabrina falou. Muito interessante! Quero ler, quero ler, quero ler!

  2. Lany!!!!

    Adorei Jogos Vorazes! Fiquei angustiada durante a leitura toda, torcendo para tudo dar certo no final!

    O mais legal é que esse livro foge bastante dos clichês litarários! Com a exceção do antigo 1984, ele não se parece com nada do que estamos acostumados!

    Ótima indicação!😉

    • Verdade, ele é bem diferente. O único livro que eu já li que achei parecido foi a série “Perfeitos”, do Scott Westerfeld, que é muito bacana também!

  3. Siiis!!! Que bom ler posts sobre os livros que você gosta de ler… principalmente porque no seu gosto literário (e no de todo mundo que escreve esse blog, já vi) eu confio. Fico só com medo, porque normalmente gosto tanto mas tanto que não consigo parar de ler.

    Ah, mas quer saber? Acabei, tô formada, vou voltar a viver… e a ler o que eu quiser!

    Gostei muito da sua resenha e claro, tô morta de curiosidade sobre esse livro… amo livros young adult (não, sério? hahaha) e esse tem um pouco de refelexões sobre o futuro e modo de controle das massas pelo medo. Nossa, vou ter que ler, tô até vendo!

    Um beijo!
    Mari

    • Siiis!
      Verdade hahaha, nossos gostos são muito parecidos! Normalmente a gente não erra!XD
      Isso aí, agora que você acabou a faculdade, tem que voltar a ler coisas “legais”, e não o que obrigam a gente a ler! E se pudder, coloque o Jogos Vorazes na listinha. Eu já estou no terceiro, e não tenho nem mais unhas, de tão nervosa que estou hahaha!XD

  4. OMG! Que legal saber que tem livros assim por aí! Mas ó! Me parece mto eletrizante para o meu calmo coração! hahahahha
    Eu tenho tantos e tantos livros na fila pra ler…então… agora não dá!!!
    Mas parabéns pela review Lany!

  5. Acho que a minha lista deve ser fichinha em comparação à sua lista de livros, Lany! hahaha
    Esse ano não dá mais, mas ano que vem vou querer esse Jogos Vorazes. Mas só depois que terminar no mínimo uns 6 livros que estão aqui me esperando (um deles vai completar um ano de comprado e nem li! >.<)

    Já tem filme desse livro? Eu vi a resenha de um filme que era mais ou menos esse enredo, mas nao tenho certeza se era só inspirado na história… Bem, com certeza estará na minha estante de livros, parece ser aquele tipo de livro que não dá pra esperar para ler o próximo.

    bjos!

    • Hahaha, agora fiquei com vergonha! Porque eu acho que tenho alguns livros que eu acho que eles estão na minha prateleira faz mais ou menos três anos, e eu ainda não li! Acho que eu sou compradora compulsiva de livros hahaha!
      Mas leia siiim Lucy! Acabei de ler o terceiro hoje, e a série é MARAVILHOSA!
      Hum, que eu saiba, não tem filme não. Mas eu posso estar enganada, já que ainda não procurei muito sobre essa série (tirando o fato de eu ter ido correndo pro ff.net procurar fanfics!XD)

  6. Lany, passei na Borders ontem e não resisti! Comprei o primeiro volume e começo a ler assim que terminar Nárnia!

  7. Pingback: Resenha: Catching Fire, Suzanne Collins « Por Essas Páginas

  8. Pingback: Ano Novo, Lista Nova! « Por Essas Páginas

  9. Esse livro parece interessante.
    Stephen King tem um desse gênero chamado O concorrente. Lembra muito 1984. Acredito que Jogos Vorazes deve lembrar também.
    Está ai um bom presente pra me dar de páscoa.
    bjs

  10. Ai eu finalmente li, e tive que ler quase tudo em um dia (nem trabalhei! hahaha), porque o livro pende DEMAIS! Ainda bem que comprei junto a continuação, porque impossível parar de ler depois que o livro acaba! Sensacional, fazia tempo que não me empolgava desse jeito com uma série!😀

  11. Pingback: Resenha: Mockingjay (A Esperança) | Por Essas Páginas

  12. Pingback: Resenha: Mockingjay (A Esperança) « Por Essas Páginas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s