Minha autora de cabeceira: Nora Roberts

            Essa semana eu fiquei com muitas dúvidas sobre quem seria o “Meu autor de cabeceira”. Tem um autor que eu simplesmente adoro, mas resolvi escolher uma pessoa que atualmente está sendo a “Minha autora de cabeceira” e que está acabando com o meu dinheiro: Nora Roberts.

Nora Roberts

            Eleanor Marie Robertson nasceu no dia 10 de Outubro de 1950 no estado de Maryland nos Estados Unidos. A sua família tinha o hábito da leitura, portanto os livros foram sempre muito importantes para ela. Apesar de sempre criar histórias, Nora nunca escreveu quando criança. Ela diz que contou muitas mentiras e que era boa nisso. No Ensino Médio, ela conheceu o seu primeiro marido. Eles se casaram mesmo contra a vontade dos pais dela em 1968. Ela teve dois filhos, Dan e Jason, e ela passava a maior parte do seu tempo cuidando da casa e dos filhos. Em 1983, eles se divorciaram.

            Nora conheceu o seu segundo marido, Bruce Wilder, um carpinteiro, quando ela o contratou para construir uma estante para livros. Eles casaram em julho de 1985. Hoje o marido dela possui uma livraria e um hotel.

            Ela começou a escrever durante uma nevasca em fevereiro de 1979 quando ficou presa com os seus filhos em casa. Ela disse que com o estoque de chocolate acabando e três metros de neve, ela tinha pouca coisa para fazer. Enquanto escrevia as suas idéias pela primeira vez, ela se apaixonou pelo processo de escrita, e rapidamente produziu seis manuscritos. Como praticamente todos os autores, ela foi rejeitada várias vezes. Em 1981 ela conseguiu publicar o seu primeiro livro “Irish Thoroughbread”. Atualmente Nora Roberts já escreveu aproximadamente 200 livros!

            Eu comecei a ler os livros da Nora esse ano, então posso dizer que li pouquíssimo livros comparado com o que ela publicou. Eu li alguns romances (“Pecados Sagrados”, “Doce Vingança”, “Tesouro Secreto” e “Retratos de um verão”) e alguns da série policial “Mortal”, que ela escreve com o pseudônimo de J.D.Robb (“Creation in Death”, “Salvation in Death” e “Portrair in Death”). As iniciais do pseudônimo vêm exatamente do nome dos filhos dela!

Os livros da Nora Roberts possuem cenas destinadas ao público adulto, o que lembra um pouquinho os famosos “livros de banca” (que eu nunca li, mas eu já li vários comentários sobre eles). Mas os livros da Nora têm história e normalmente muito bem trabalhada. E um ponto que eu gosto muito na escrita dela é que os personagens são muito bem escritos e por isso a gente acaba se envolvendo na história. A maioria dos livros da Nora gira em torno de um casal (o que faz a gente se lembrar dos chick-lits). Além de “mocinhas” fortes, Nora também faz uma caracterização detalhada do “herói”, porque para ela o público tem que entender os dois personagens. E isso é um fato que eu AMO: normalmente, mesmo com a narração em terceira pessoa, nós sabemos os sentimentos de todos os personagens protagonistas. A gente acaba torcendo, chorando e sorrindo com eles. Não tem como não se envolver na história!

            Assim como o romance, Nora também é simplesmente maravilhosa escrevendo livros policiais, sendo a série Mortal a mais conhecida. Ela já tem mais de 36 livros e ainda não acabou. A série se passa em uma Nova York futurista no ano de 2058, e tem como protagonista a tenente Eve Dallas. Cada livro é um caso diferente e eles podem ser lidos fora da ordem (o que inclusive é o meu caso). Mais uma vez, Nora escreve personagens fascinantes, como Eve, a Peabody e é claro… O ROARKE!

Nora Roberts completamente no clima da série "Mortal"

            Eu tenho vários livros da Nora aqui na minha fila de leitura (estou comprando primeiramente os mais baratos, porque têm alguns muito caros) e, se eu não me esforçar, eu vou querer ler todos os livros dela antes dos outros. Por isso eu coloquei uma regra: leio um livro da Nora e o outro tem que ser de um autor diferente. Ou seja, atualmente, ela é realmente minha autora de cabeceira!

7 respostas em “Minha autora de cabeceira: Nora Roberts

  1. Olha o que são as coincidencias da vida… meu primeiro livro da Nora chegou hoje. Nunca li nada dela, mas começarei A cruz de Morrigan em cinco minutos. Só comprei pq tem relação com a Irlanda. Me parece bem legal.
    Já leu?

    • NOSSA, que coincidência hahaha!
      Ainda não li esse Mi, mas está na minha lista de próximas compras! Na verdade, eu nem coloquei no texto, mas a família dela é da Irlanda, e ela também se considera uma moradora de lá!

  2. Eu comprei um livro dela antes de me mudar pra cá em 2006, mas era muito grosso e acabou ficando em casa. Esse ano quando fui visitar meus pais, trouxe ele de volta porque segundo minha mãe “você precisa voltar a ler livros em português, menina.” Mas ainda não comecei. Ele tá em cima do meu criado, mas assim como você sempre vou passando um na frente, depois dois, depois três…

  3. Essa série Mortal é muito longa! 36 livros, affe!! E eu fico curiosa pra saber quem é esse Roarke e o povo só me incentivando a ler, mas 36 livros não dá! hahaha

  4. Comecei a ler A cruz de Morrigan. To gostando. Tá certo que estou só no comecinho, mas, tipo, os vampiros dela viram pó no sol e não purpurina. =D =D =D E tem caçadores!!! *_* Aliás, é do ponto de vista do caçador. Tipo, como a coisa deveria ser. Esse livro promete!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s