Meu autor de cabeceira: Rick Riordan

            O meu autor de cabeceira dessa semana é um que eu espero que ainda venha para uma Bienal aqui no Brasil e que a Ily teve a felicidade de conhecê-lo: Rick Riordan!

E a Mitologia Grega e Egípcia continuam… Nos dias de hoje!

Resenha: Um Dia

15 de Julho de 1988. Emma e Dexter se conhecem na noite da festa de formatura. Amanhã eles seguirão caminhos diferentes. Mas onde estarão nesse mesmo dia um ano depois? E nos anos que se seguirem? Dexter Mayhew e Emma Morley se conheceram em 1988. Ambos sabem que no dia seguinte, após a formatura na universidade, deverão trilhar caminhos diferentes. Mas, depois de apenas um dia juntos, não conseguem parar de pensar um no outro. Os anos se passam e Dex e Em levam vidas isoladas – vidas muito diferentes daquelas que eles sonhavam ter. Porém, incapazes de esquecer o sentimento muito especial que os arrebatou naquela primeira noite, surge uma extraordinária relação entre os dois. Ao longo dos vinte anos seguintes, flashes do relacionamento deles são narrados, um por ano, todos no mesmo dia: 15 de julho. Dexter e Emma enfrentam disputas e brigas, esperanças e oportunidades perdidas, risos e lágrimas. E, conforme o verdadeiro significado desse dia crucial é desvendado, eles precisam acertar contas com a essência do amor e da própria vida. Um dia é um fenômeno editorial no Reino Unido, sucesso absoluto de crítica e público, e teve o roteiro adaptado para o cinema pelo próprio autor, David Nicholls.  Fonte

Continuar lendo

Meu Autor de Cabeceira: John Green

Howdy people! Peço desculpas pelo “desaparecimento” do Autor de Cabeceira durante as últimas semanas: uma infinidade de imprevistos influenciaram o curto abandono da nossa coluna semanal, imprevistos que também reduziram a quantidade de livros lidos durante esse período e consequentemente, a quantidade de resenhas. Voltando à nossa programação normal no entanto, trago hoje pra vocês um autor contemporâneo que entrou na minha lista de autores preferidos não como garoa, mas sim como um furacão: John Green!

John Green nasceu em Agosto de 1977, na cidade de Indianapólis, Estados Unidos. Ele se formou no ano 2000 em Inglês e Estudos Religiosos. No início de sua carreira, Green escrevia críticas de livros para periódicos como a Booklist Magazine e para o New York Times. Seu primeiro livro, Quem É Você, Alasca? (Looking for Alaska) – resenha aqui – foi publicado em 2005, e em 2006 ganhou o prêmio Michael L. Printz, que é um prêmio da ALA (American Library Association) por “excelência em literatura para jovens adultos.”

Continuar lendo

Capas de Livros

Diz o ditado que não devemos julgar um livro por sua capa, mas que atire a primeira pedra quem nunca comprou ou hesitou em adquirir um exemplar por causa da beleza (ou falta da mesma) de uma capa.

Capas são uma parte extremamente importante do processo de leitura, pois é através delas que temos nossa primeira impressão do livro em questão. E apesar de não ser verdade – existem livros bons com capas horrendas – capas atraentes fazem muita diferença. É claro que “atraente” muda de pessoa para pessoa e o que eu considero uma capa linda pode ser o que 99% das pessoas considera hediondo. Gosto é gosto.

Continue Lendo