Evento: Tarde de Autógrafos com Becca Fitzpatrick & Elizabeth Miles

Massachusetts é um estado que recebe alguns autores interessantes uma vez ou outra. Depois de perder a segunda visita de Rick Riordan esse ano por conta de estar viajando, a Sabrina do Café com Blá Blá Blá fez questão que eu não me esquecesse da tarde de autógrafos com Becca Fitzpatrick – autora da série Hush Hush – e Elizabeth Miles – autora da trilogia Fury.

O evento estava marcado para começar às duas da tarde, mas quem chegasse um pouquinho mais cedo poderia passar um tempo conversando com as autoras e aproveitar para comer pizza. Como não demorei muito no Walmart comprando o livro da Sabrina – aquele que vem com um capítulo no ponto de vista do Patch – consegui chegar mais cedo, adquirir o livro da Miles e seguir para o auditório onde as autoras estariam. Com menos de 20 pessoas por ali, todo mundo estava socializando e comendo pizza, e depois de conversar um pouco com algumas pessoas, me sentei e comecei a ler Fury porque a história parecia muito interessante, e a Becca não estava no auditório (eu não conhecia a Elizabeth). Exceto que, bem, ela estava lá mas eu não a reconheci! Ela estava sentada na minha frente, conversando com algumas pessoas sobre publicação de livros, dando dicas e desejando sucesso.

Enfim, depois de perder minha chance de conversar num ambiente informal (não que eu soubesse o que dizer – provavelmente travaria completamente, como aconteceu com o Rick Riordan no começo do ano), nosso grupo – que agora contava com cerca de 40 pessoas – se dirigiu até uma outra sala, onde tivemos a oportunidade de fazer algumas perguntas. Novamente, a maioria das perguntas foi voltada ao processo criativo por trás da escrita dos livros, e sobre as perspectivas de ter um livro publicado. Confesso que fiquei surpresa quando Becca disse ter recebido quase 100 cartas de rejeição antes de um agente finalmente aceitar representá-la e conseguir vender seu trabalho. Sobre os livros, ela comentou que está escrevendo o quarto volume de Hush Hush de maneira diferente dos outros três, deixando a edição para o final do processo, e não durante a escrita, e que o único personagem que continuou da mesma forma que ela o havia imaginado quando pensou na história pela primeira vez, foi Patch. Ela também disse que teve que reescrever Crescendo praticamente inteiro durante a revisão, e que esse foi um período bem estressante pra ela, e que a escrita de Silence foi bem mais tranquila, apesar de todas as aflições de Nora.

Depois disso, nos organizamos em uma fila para que elas pudessem assinar nossos livros. Quando chegou a minha vez, falei com Elizabeth primeiro, dizendo que ainda não havia terminado o primeiro capítulo, mas que tinha começado a ler durante o evento e não via a hora de chegar em casa para continuar lendo (o que é verdade: Fury já me deixou bastante intrigada logo nas primeiras páginas). Ela foi um amor, me agradeceu por ter ido e por estar lendo, perguntou como se pronunciava meu nome e disse que era um nome muito bonito. Quando chegou a vez de Becca assinar meus livros, ela se espantou por serem dois exemplares de Silence, e eu expliquei que um era para a minha amiga Sabrina, que foi ela quem me perturbou para que eu lesse Hush Hush, então eu enviaria uma cópia pra ela no Brasil. Becca e Elizabeth olharam pra mim e disseram o quanto isso era legal, e a Becca disse “mande um oi pra sua amiga, e eu espero que ela goste do livro, Vania!” Sem graça de dizer que ela já tinha lido e considerado o melhor da série, eu apenas respondi que tinha certeza que ela amaria, assim como eu tinha amado.

10 respostas em “Evento: Tarde de Autógrafos com Becca Fitzpatrick & Elizabeth Miles

  1. HAHAHAHAHAHA… Uhul!!!
    Me diverti muito com o seu relato, Ily!!! Tá uma delícia de ler!!!
    E pode deixar que quando tiver mais tardes de autógrafos legais como essa, eu te lembro!!! =p
    Até imagino você respondendo mentalmente pra Becca (“Er… Ela até disse que ia tentar esperar o livro, mas né?”)!
    ADOREI!!! E muito obrigada pela atenção e pelo carinho!! =) Pode deixar que quando tiver alguma coisa legal por aqui, eu retribuo!!😄
    Beijocas!!!

    • Não me deixe esquecer haha, você é mais por dentro do que acontece por aqui do que eu! É, deu vontade de falar “ela disse que esperaria, mas não aguentou… eu dei 2 dias pra ela não resistir, mas ela sucumbiu nas primeiras horas!”

  2. Que ótimo! Tão bacana conhecer esses escritores legais…

    Agora como o processo de publicação nos EUA é diferente daqui do Brasil, né? Quer dizer, não temos agentes e só podemos contar com a nossa cara de pau perante as editoras…

    • Acho que aqui é levado um pouco mais a sério não? Eu acho interessante essa coisa dos agentes, porque eles têm as “manhas” do negócio… coisas de negociar preços, prazos e etc… como um autor iniciante, você começar lidando de cara com as editoras não deve ser nada além de assustador…

  3. Nossa, tá uma delícia mesmo ler o relato, você parece que colocou a gente lá dentro do evento, Parceira! As autoras parecem mesmo muito simpáticas!
    Gostaria que o método de publicação aqui no Brasil fosse como aí fora. Essa coisa de agentes é muito mais interessante e profissional do que meter a cara numa editora… Além disso como você disse o agente já entende o processo todo pra te ajudar. O escritor só precisa ser escritor (e claro, hoje em dia, se relacionar mais com o público através das mídias sociais etc.). Mas aqui no Brasil o autor precisa lutar como se estivesse… sei lá, dentro da arena de Hunger Games, o autor precisa ser escritor, marketeiro, editor, vendedor… precisa entender de tudo, porque ninguém vai ajudá-lo até ele provar que é bom e ser aceito, o que é muito difícil. É triste como se dá tão pouco valor por aqui à cultura, à literatura…

    • Sim, isso me deixa bem triste… e daí quando temos algum autor que consegue superar tudo isso, que consegue se destacar nacionalmente, ter seus livros publicados no exterior – como Paulo Coelho – todo mundo mete o pau. Não estou defendendo ele, só li uma obra dele até hoje e honestamente não me lembro se gostei ou não. O que eu quero dizer é que a gente desvaloriza DEMAIS o que é nosso. Ele pode ser um péssimo escritor (como eu disse, eu não sei), mas fez um ótimo trabalho conseguindo publicar suas obras e alcançar o sucesso que tem hoje, e somente por isso eu tiro meu chapéu pra ele, porque NÃO É FÁCIL!

      • Você tem razão. Eu também não gosto do Paulo Coelho, já li livros dele, e não gostei, mas tem muita gente que gosta, especialmente fora do Brasil, o que é notável para nossa literatura. E realmente, ele conseguiu passar por todas essas barreiras que temos por aqui, parabéns para ele por isso!🙂
        Temos que valorizar mais as obras nacionais, seja na literatura, na música, no cinema… Tem muita coisa boa sendo produzida aqui!

  4. Bem, como eu já disse para você, é super normal isso de não reconhecer a autora. Afinal, as fotos às vezes pode enganar…
    E é muito legal saber que a Becca é super fofa, como realmente a gente imaginava! Espero que um dia ela venha ao Brasil e que eu possa conhecê-la!
    Lindos os autógrafos! Adoro quando os autores tem tempo e podem escrever mensagens!

    • Né? Ela estava linda, e bem nas fotos eu nunca a imaginei linda… sei lá, é diferente! Ela e a Miles falaram sobre a Lauren Kate ter ido pro Brasil e adorado, e que um dia queriam ir praí! Tomara que dê certo né? Quem sabe quando Silence for lançado em português? Ela é realmente um amor!

  5. Às vezes dá vontade de ler esses livros só pela descrição que vc faz das autoras. hahah Sério, não tenho tanta intenção de ler a série Hush hush, mas a autora foi tão simpática que eu acho q vale a pena tentar. rsrs E fiquei curiosa com Fury! Espero que vc leia logo e poste a resenha aqui. \o/
    Bjos bjos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s