Resenha: O Poder dos Seis


ATENÇÃO: Essa resenha contém spoilers de Eu Sou o Número Quatro (resenha aqui), primeiro livro da série Os Legados de Lórien.

Ficha Técnica:

Título: O Poder dos Seis (The Power of Six – Legados de Lórien #2)
Autor: Pittacus Lore
Editora: Harper Collins (EUA), Intrínseca (Brasil)
Páginas: 406
Avaliação: 3/5 estrelas

Eu o vi nos jornais. Segui as histórias sobre o que aconteceu em Ohio. John Smith, por aí, fugindo. Para o mundo, ele é um mistério. Mas para mim… ele é um de nós. Nove de nós viemos pra cá, mas às vezes eu me pergunto se o tempo nos mudou – se todos nós ainda acreditamos em nossa missão. Como posso saber? Ainda há seis de nós. Estamos nos escondendo, nos misturando, evitando contato uns com os outros… mas nossos Legados se desenvolvem, e logo estaremos prontos para lutar. Seria John o Número Quatro, e seu aparecimento o sinal pelo qual estive esperando? E Números Cinco e Seis? A garota dos cabelos pretos com olhos tempestuosos dos meus sonhos seria um deles? A garota com poderes além do que eu posso imaginar? A garota que pode ser forte o suficiente para nos unir? Eles pegaram o Número Um na Malásia. Número Dois na Inglaterra. E o Número Três no Kenya. Tentaram pegar o Número Quatro em Ohio – e falharam. Eu sou a Número Sete. Uma de seis que ainda estão vivos. E eu estou pronta para lutar. Fonte, tradução livre.

Em O Poder dos Seis, nós conhecemos Marina – a Número Sete – que vive em um convento na Espanha. A Cêpan de Marina – Adelina – desistiu há muito tempo de sua missão, mas Marina sente que elas precisam fazer algo, elas precisam encontrar John Smith. Marina, que mora em um convento na Espanha, acompanha as notícias sobre ele na internet certa de que ele é o Número Quatro. Marina planeja ir embora do convento assim que completar 18 anos. Quando a pequena Ella chega ao convento, Marina sente uma afeição imediata pela órfã, e elas tornam-se amigas. Ella promete ajudar Marina a encontrar a Arca que Adelina escondeu para que Marina possa finalmente ter todas as armas que precisa para lutar contra os mogadorianos.

Enquanto isso, John, Seis, Sam e Bernie Kosar continuam fugindo dos mogadorianos (e da polícia também) e tentando encontrar o que resta de seu povo. Embora John realmente se importe com sua missão, parte de seu foco está em seus sentimentos por Seis. Apesar de seu amor por Sarah e de saber que Sam gosta da Seis, John não consegue negar que sente-se imensamente atraído pela jovem, e grande parte do livro é devotada aos sentimentos confusos de John Smith.

Apesar de ser uma leitura bastante agradável, pra mim O Poder dos Seis continua com o mesmo problema de Eu Sou o Número Quatro: John Smith. As cenas de ação são demais, os mistérios se intensificam e cada vez que conhecemos um dos Nove passamos a torcer ainda mais para que eles derrotem os mogadorianos de vez, mas John Smith e seu egoísmo romântico quebram um pouco o clima. Sam Goode, no entanto, está lá para salvar o dia como o bom sidekick que é, e Marina também não fica atrás. O final de O Poder dos Seis  no entanto, é bem mais emocionante do que o primeiro volume da série e agora sim, nos deixa roendo as unhas para saber o que espera nossos conhecidos heróis – e novos também – no próximo volume da série.

O Poder dos Seis será lançado no Brasil pela Editora Intrínseca em 10 de Novembro. O terceiro livro – The Rise of Nine – chega às livrarias britânicas em 30 de Agosto de 2012.

3 respostas em “Resenha: O Poder dos Seis

  1. Confesso que fiquei desanimada quando você disse que “O poder dos Seis” não era tão bom! Eu gostei de “Eu sou o número quatro”, mas não foi aquele livro que eu adorei… Claro que eu vou ler a continuação, mas em um ponto você está totalmente certa: em alguns momentos o John consegue totalmente quebrar o clima!
    Pelo menos então o próximo parece ser melhor!

    • É, eu não achei tão bom, mas não gostei muito de Eu Sou o Número Quatro também, pelo mesmo motivo. O John não consegue me cativar, eu o acho extremamente chato. Torço pra ele e tudo mais, mas especialmente quando se trata da Sarah (e agora da Seis) ele fica um porre. Mas dá uma chance. A Marina é legal, e no final aparece um personagem novo que parece ser bem interessante!

  2. POw, tava esperando esse livro.. N vejo a hora de comprar e ler… Li o primeiro e me amarrei… Gostei da historia… So tem uma coisa q me intriga, soube por algumas informações q so aparece alguns Numeros nesse livro, Se é o Poder dos Seis pq n apareceram todos os quatro q tavam faltando? (n e q eu queira logo ver todos juntos, mais o titulo do livro da a entender isso).. E isso galera Curtam o Livro e muito bom

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s