Análise: Trailer de Jogos Vorazes

A adaptação cinematográfica de Jogos Vorazes chega aos cinemas em 23 de Março de 2012, e hoje fãs do mundo inteiro puderam acompanhar a estréia do primeiro trailer oficial no programa matinal Good Morning America. Mas o que foi mostrado no trailer e o que ele representa para os fãs da série?

A cena inicial do trailer é o nosso primeiro contato com o Distrito 12. Enquanto Katniss corre em direção à floresta (com direito a passar por baixo da cerca e tudo mais), nós podemos ver os trabalhadores no fundo, provavelmente indo em direção às minas. A primeira voz que ouvimos é a de Gale, na famosa cena em que ele faz suas conjecturas sobre ele e Katniss serem capazes de fugir e sobreviver na floresta, e Katniss – sempre prática – lhe diz que eles não durariam cinco milhas. Temos então nosso primeiro momento de Katniss com arco e flecha, mostrando a descontração entre ela e Gale no único lugar onde ambos têm a liberdade de serem eles mesmos. O que tira o sorriso dos rostos dos dois é um aerodeslizador que aparece no céu, e aqui eu me pergunto: será que vamos ver a cena em que Lavinia – a Avox ruiva – e seu amigo são capturados pela Capital ou seria esse apenas um aerodeslizador aleatório? Talvez Effie Trinket chegue num aerodeslizador, chamando assim a atenção de Katniss e Gale para a Colheita. Aliás, apesar de Effie Trinket não ser nem um pouco parecida com a maneira que eu a imaginava, o “sotaque afetado” ficou bastante convincente, e a maquiagem dela está – em uma palavra – perfeita!

Chegamos ao Dia da Colheita, e acredito que posso dizer que fãs de Harry Potter vão entender minha empolgação ao dizer que ADOREI o fato do vestido da Katniss ser azul. São pequenos detalhes como esse que me fazem ter esperança nesse filme. O fato de Katniss e Prim estarem de mãos dadas também contribui positivamente para que o público possa simpatizar com as duas, e até mesmo Gale – de quem eu não sou muito fã – transmite aquela sensação de tudo ou nada que a Colheita nos proporciona. A troca de olhares entre Gale e Katniss, mostrando que eles se preocupam um com o outro foi emocionante, mas não tanto quanto Katniss e Prim andando de mãos dadas, e Katniss assegurando sua irmãzinha de que seu nome não seria escolhido. Esse é o momento que mesmo quem não leu os livros sabe que algo terrível está para acontecer e todos nós ficamos na ponta das cadeiras, esperando ansiosamente o momento em que a voz empolgada de Effie Trinket nos diz: Primrose Everdeen. O contraste entre a animação de Effie – como se Prim tivesse acabado de ganhar um prêmio – e o terror estampado no rosto da garotinha faz justiça ao livro.

E é aos 56 segundos do trailer que Jennifer Lawrence mostra porque foi escolhida para interpretar Katniss: o desespero na sua voz, na maneira com que conduz seu corpo, como se ir ao resgate de Prim fosse algo automático, algo que ela nem soubesse que estava fazendo, apenas que precisava fazer. Ao se oferecer como tributo no lugar de Prim, podemos ver seu desespero transformado em determinação, numa cena de arrepiar qualquer um, especialmente com os Pacificadores a segurando. Aliás, os uniformes dos Pacificadores? Demais! Depois disso temos Gale carregando Prim, e Prim gritando descontroladamente: alguém tem dúvidas de que as lágrimas irão rolar nessa parte?

Para quem – como eu – estava se perguntando “onde está o Peeta?” durante esse tempo todo, ele aparece agora, extremamente nervoso: por sua causa, tendo seu nome já sido chamado? Por ver Katniss no palco? Ou pelos dois motivos? Quando ele e Katniss são apresentados oficialmente como os tributos do Distrito 12, há uma troca de olhares. O de Peeta é firme, determinado mas parecendo já aceitar seu destino,  e Katniss parece inconformada com o fato de que o garoto do pão será seu adversário na arena.

Quando Gale aparece para se despedir de Katniss, ele tenta assegurá-la de que ela pode ganhar, de que ele pode vê-la novamente. Entretanto, o desespero em sua voz demonstra a sabedoria implícita de que essa provavelmente será a última vez que ele a verá. Mesmo não sendo uma grande fã de Gale (e especialmente de Gale com Katniss), confesso que meu coração ficou partido.

A chegada à Capital acontece com Peeta olhando maravilhado pela janela do trem aquela abundância de prédios tão diferente do Distrito 12. As preparações para os Jogos então começam, com Katniss em um lugar que me lembrou muito um laboratório de testes – o que talvez seja realmente a abordagem correta. Sua primeira interação com Cinna nos mostra logo de cara que ele é diferente dos outros estilistas, querendo fazer com que Katniss brilhe. Confesso que Lenny Kravitz não é o Cinna da minha imaginação, mas não tenho do que reclamar por enquanto. E eis que surgem no palco Caesar Flickerman, Katniss e sua viradinha. O que mais me chamou a atenção nessa cena foi o fato de Caesar ser só sorrisos enquanto a expressão de Katniss implica que ela preferiria estar embaixo de um trem a estar ali.

E a história dos Jogos é brevemente explicada, enquanto vemos Presidente Snow rapidamente, com sua flor branca na lapela (vocês também imaginaram o cheiro da rosa misturado com sangue?), e 16 dos 24 tributos aparecem rapidamente também, e depois de vermos Peeta com Caesar Flickerman, temos Rue aparecendo por trás de um pilar, o que nos faz ter vontade de abraçá-la e nunca soltá-la! Os tributos treinando para a Arena nos mostra o quanto as cenas dos Jogos serão intensas!

Seneca Crane aparece um pouco, com seu olhar sádico pertinente à um dos Idealizadores dos Jogos, e Haymitch aconselha Katniss a mostrar tudo o que tem. Será que ela acerta a flecha na comida quando mostra a eles que não é apenas uma pobre garotinha do Distrito 12? Partimos então para uma das cenas mais importantes do livro: Katniss e Peeta criando um laço, com Peeta demonstrando seu entendimento da maneira com que os jogos funcionam e desejando que ele pudesse mostrar para todo mundo que ele é mais do que apenas um peão nos Jogos Vorazes.

Confesso que fiquei chateada por terem cortado Madge do filme, mas ter Prim como fonte original do broche de Mockingjay vai dar um toque mais do que especial. Mostrar o sinal de respeito do Distrito 12 que Katniss faz após perder alguém na Arena logo após ela ter recebido o broche de Prim foi de arrepiar – especialmente com a resposta do Distrito – seria o 11 ou o 12? E então Katniss começa a subir, horrorizada com o que a espera na Arena, e Cinna a conforta com um olhar (alguém mais teve vontade de chorar pensando no que acontece no segundo livro?) e ela está na Arena e está também nos telões do Distrito 12, na aflição de Prim e na solidão de Gale. E Katniss corre, e Peeta corre e todos os tributos correm para tentar manter-se vivos perante às crueldade às quais eles estão agora expostos.

A crueldade que nós temos que enfrentar não se compara com o barbarismo imposto pela Capital aos Distritos. Ela se resume em precisar esperar mais 4 meses para poder finalmente assistir à essa adaptação que promete ser um sucesso de crítica e de público. Se o filme se mostrar tão bom quanto esse trailer, podemos esperar uma adaptação fiel – ou o mais fiel que se pode ser quando se traduz um livro para as telas – e emocionante de uma das nossas séries literárias preferidas!

E vocês, o que acharam do primeiro trailer de Jogos Vorazes? Não deixem de dar sua opinião!

18 respostas em “Análise: Trailer de Jogos Vorazes

  1. Ah, Parceira, que análise maravilhosa do trailer! Parece que eu estava vendo ele aqui de novo ao ler suas palavras (aliás, vou ver de novo depois disso! hahaha).
    Gosh, eu quero muito ver esse filme. Parece tudo tão bem feito!!! Agora me enchi de expectativas, espero que sejam superadas!

    • Esse é o problema de ter um trailer bom: aumenta nossas expectativas, e pra elas serem superadas, bem, é difícil né. Eu não tinha expectativa nenhuma antes de ver o trailer. Tinha visto o Josh e a Jennifer falando que ficou bem fiel ao livro (e honestamente, as opiniões dos dois são as únicas que eu considero porque eles eram fãs da série antes de ganharem os papéis), mas foi o trailer que me empolgou de verdade.

      • Eles eram fãs???????????? Ai que lindoooooooo! E é verdade que a própria Collins ajudou a escrever o roteiro?

      • Que fofo que eles eram fãs! *___________________*
        Verdade isso que a Collins ajudou no roteiro?! OH YEAH!

      • Sim, eram fãs. A Jennifer disse que a mãe dela que deu Hunger Games pra ela ler, dizendo que seria um ótimo papel pra ela (a mesma coisa que aconteceu com Winter’s Bone), e que quando ela foi fazer o teste, ela falou pro Gary Ross (diretor) que ela entenderia se não passasse, mas que por favor, ele não podia ter a Katniss matando alguém e parecendo toda badass, porque ela não era uma assassina. O Josh disse que nunca leu um livro que ele se identificasse tanto com um personagem como ele se identifica com o Peeta, que ele não conseguia parar de ler e se importar com o que aconteceria com ele.

        E sim, a Suzanne ajudou a escrever o roteiro, junto com mais duas pessoas (uma delas é o diretor), e ela também é uma das produtoras executivas do filme. Yay!!!

      • Isso me dá muita esperança. Eu li que o diretor é fã demais da série também. Ow, o Peter Jackson era fã e olha o que ele fez!

        A Suzanne era roteirista de TV, então imagino que ela tenha a manha de fazer roteiro. Bom saber que ela está por perto porque essa mulher é minha ídola depois da tia Jo. hahahaha

        Eu não entendo porque as pessoas não gostaram da Jennifer e do Josh. Putz, a Jennifer é uma atriz indicada ao Oscar. P*** M****!!! A menina tem o maior cacife do cinema. Ela é uma excelente atriz e acho que ela vai trazer à tona sim todas as nuances da Katniss (o lado prático, o lado protetor, o lanho sonhador, o lado Mockingjay). Sinceramente, ela é super versátil! E gente falando que tinha que ser a Haele ou uma outra menina de um seriado super ridículo… affe

        Já o Josh… ele É o Peeta, assim como Rupert Grint é Ron Weasley. Sem comentários.

  2. Trailer lindo! *_*
    Para mim, a melhor cena do trailer foi a da Katniss trocando de lugar com a Prim para ser um tributo. ATUAÇÃO BRILHANTE! Eu comecei a chorar nessa cena… Aliás, a Katniss foi a personagem que mais me chamou atenção durante todo o trailer, porque ela está muito parecida com o que eu imaginava. Inclusive na cena da viradinha com o vestido hahaha! E o sinal de respeito? Comecei a chorar de novo nessa parte!
    Quando aparece a Rue… Ai, que vontade de não deixá-la entrar na arena! Tenho certeza que as cenas com ela vão ser muito impactantes…

    E o Gale… Ah, o Gale! Eu não sei se o que está acontecendo é um reflexo do livro, já que eu gostava dele nessa primeira parte (apesar de sempre ter achado que a Katniss deveria ficar com o Peeta), mas… Ele está me chamando muito mais atenção do que o Peeta. Tanto nas fotos, quanto no trailer. Aquela cena no final, dele sozinho… Mas é aquela coisa: eu ainda acho que tudo é birra com o cabelo loiro do Peeta. Ou birra com o ator (sendo que eu nunca assisti nenhum filme com ele hahaha). Mas agora com o trailer eu já consigo encarar o Josh como Peeta (já que eu gostei das cenas dele), então acredito que no filme ele vai me convencer!
    Preciso assistir o filme “A última música”, para poder eu perceber que o ator que faz o Gale é ruim e com isso ficar de birra com ele hahaha!

    Estou muito feliz com o trailer, porque eu acho que a Katniss está muito bem representada. E ela é a alma dos Jogos Vorazes!

      • Eu sei. Mas o que eu posso fazer se o imagino moreno e agora não consigo mudar? HAHAHA!

    • Sabe, eu gosto do Gale. Eu entendo ele, apesar de tudo que aconteceu no terceiro livro e tudo mais. Mas não gosto do ator, ele simplesmente não é o Gale pra mim. Talvez isso mude quando eu ver o filme, quem sabe né. Mas ainda não consigo não associá-lo com Hannah Montana, e olha que eu nunca vi aquele filme haha. Não fique com birra dele também, vai!

      COMO você consegue ter birra com o Josh? Ele é um amorzinho! Já viu alguma entrevista dele falando do filme? Ele sempre leva de volta pro livro e como ele se identificou com o Peeta logo de cara, como o Peeta sempre foi o personagem preferido dele. I MEAN, todo mundo pensa de cara na Katniss né, ainda mais se é um menino lendo hahaha.

      Vamos fazer um mantra de Peeta loiro pra você, Lany. Tá precisando hahaha.

      E concordo com a boa representação da Katniss. Espero que esteja assim no decorrer do filme também!

      • Eu também não gostei do Gale, Ily. Achei que ele não ficou digamos “valentão parrudo” como eu o imaginava. Pra mim ele era simplesmente o oposto do Peeta: um cara forte, linhas de expressão mais duras e talz. Nada a ver com o cara que colocaram. Mas enfim.

        Gente, o Josh é fofo demais!!!! Que isso, ele É o Peeta!

      • Eu estou relendo “Hunger Games” e tentando imaginar o Peeta mais ou menos como o Josh (e principalmente loiro). Vamos ver no que dá hahaha!

    • Sim, Mel… mas ele também é o “heartthrob” né… é ele que as garotas ficam atrás, é ele o bonitão e tudo mais. Por isso que quando comentaram que o Alex Pettyfer estava cotado pra ser o Peeta eu bati o pé que seria ridículo, porque ele tá mais pra Gale do que pra Peeta. Enfim, eu concordo contigo que o Josh É o Peeta! Não vejo a hora desse filme estrear viu!!!

  3. Me arrepiei toda assistindo. Depois de ler o livro, a gente acaba tendo uma nova expectativa, né? Pelo trailer vai ser bem fiel aos livros – também imaginava o Cinna diferente hehehe. Em todo o caso, acho q vou gostar mto desse filme. rsrs

    Mto boa a análise, Ily!
    Bjos bjos

    • Thanks, Lu! Sim… depois de ler os livros, tudo muda porque é impossível que Hunger Games não vá pra perto do topo de livros preferidos. Pelo menos pra mim foi, hehe. E daí como fã da série, as expectativas mudam: a gente não quer só ver um filme bom, queremos ver um filme fiel à história que conhecemos e amamos, um filme que faça justiça à todas as lágrimas derramadas durante a leitura, à todas as risadas, à todos os momentos que dividimos com cada um daqueles personagens. E isso não é algo fácil de ser alcançado, muito menos superado….

  4. Gente, eu amei esse trailer. E olha que imaginava as coisas bem diferentes. Imaginava o Distrito 12 um lugar bem cinza, na verdade, com verde só em volta.

    A Katniss pra mim, putz, não tem como. Ela é literalmente aquela foto que coloquei no blog. Cabelo preto, sorriso estranho. Não que não gostei da atriz, mas acho que ela não vai conseguir competir com a imagem que eu tenho da Katniss.

    Quanto ao Peeta, pra mim ficou ótimo. Não é o que imagino (imagino o Peeta mais doce), mas preciso ver mais cenas pra avaliar.

    • Eu imaginava o Distrito 12 com as casas mais espaçadas… cinza também… um lugar meio deserto, sabe?

      Eu acho que tanto a Katniss quanto o Peeta pra mim vão ser meio como Rupert Grint/Ron Weasley: eu tenho a minha imagem definida, mas de vez em quando o rosto do Rupert aparece. Na verdade, eu espero que seja assim porque isso significa que eles estão fazendo um bom trabalho.

      Sabe o que eu gostei na Katniss? Que você realmente pôde ver a mudança nela de quando ela estava no Distrito 12 pra quando ela estava na Capital. Não foi uma coisa Hermione-descendo-as-escadas-oh-o-que-tem-de-diferente. Foi uma mudança mesmo.

      • Eu também imaginava o Distrito 12 mais desolado, sabe. Mais demolido, sei lá. Mas acho que só dá pra avaliar esse tipo de cenário vendo o filme mesmo.

        Realmente, eu também acho que vai ser assim. Acho que a imagem Peeta/Josh vai ficar na minha cabeçe de vez em quando. Mas a minha imagem da Katniss é muito forte como garota durona dos anos 70. hahahaha

        Sim, eu adorei isso! Foi realmente uma transformação! Isso eu gostei. Porque se ela fosse bonitinha e lindinha desde o começo eu ia infartar. Imagina, a Katniss no Distrito 12 de sobrancelha feita e maquiagem levinha. affe

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s