Análise: Amanhecer, Parte I

Bem, eu nem estava tão animada para Amanhecer- Parte I. Dos livros da série Crepúsculo, esse foi o que eu menos gostei. Apesar de ter cenas que eu simplesmente amo, o plot geral do livro…Vamos dizer que ele não me agradou muito.

Depois de tantas pessoas falando muito bem do filme no twitter, resolvi assistir logo no final de semana de estréia. Por sorte, minha sessão estava muito tranquila (ou seja, sem gritos!). E o que eu posso dizer sobre o filme? Ele realmente foi feito para os fãs!

(Atenção: essa análise possui spoilers do livro Amanhecer. Tentei ao máximo não dizer nenhum spoiler diretamente sobre o filme!)

Quando saiu a notícia de que Amanhecer seria dividido em dois filmes, eu fiquei surpresa. É claro que o livro tem um grande número de páginas, mas se formos analisar os acontecimentos, dava sim para ser feito um único filme. E, após assistir a primeira parte, continuo com a mesma opinião. Algumas cenas foram longas demais ou davam para ser cortadas, caso eles não fizessem essa divisão.

É claro que com dois filmes, a história fica muito mais completa. É por isso que eu repito: ele foi feito para os fãs da saga. Acho difícil que ele prenda a atenção de quem não leu a série – e por isso que o filme teve sim crítica negativas. Só quem é fã fica na pontinha na cadeira esperando tudo o que vai acontecer.

Mas eu não sou crítica de cinema, sou apenas uma fã e posso dizer: o filme foi muito bom. Todas as cenas importantes esavam lá e não teve nenhuma cena que fosse totalmente fora da história do livro. Mas eu acho que maior diferença foi na atuação da Kristen e do Robert. Eles finalmente mostraram uma química digna de Edward e Bella. Em muitos momentos, não eram necessárias palavras para que a gente soubesse o que eles estavam sentindo.

Eu sempre ficava imaginando como eles iriam lidar com a parte obscura do livro, ou seja, a gravidez e nascimento do monstrinho bebê da Bella. E ficou muito bom. Nós conseguimos perceber tudo o que ela está sofrendo durante a gravidez e ela fica realmente parecendo uma zumbi. E a cena do parto… Até agora não sei o que pensar! Ficou bem mais leve do que eu imaginava (mas também a minha cena era muito parecida com um filme de terror), mas ainda assim, ficou forte. E sim, tem sangue. Muito sangue.

A minha maior crítica é, infelizmente, sobre o Jacob. Não, o problema não foi o ator: Taylor Lautner É Jacob Black. Mas no livro Amanhecer, uma das melhores partes é a narração dele. Jake tem um humor irônico que gerou as melhores frases do livro para mim. E eu pergunto para a Melissa, a roteirista do filme: CADÊ as falas marcantes do Jacob? Claro que não precisavam ser todas, mas… Senti falta. E em certos casos a cena estava lá, mas a frase não. E não custava nada inserir mais narrações dele.

Ah, e eu nunca presto muita atenção em trilha sonora, mas nesse filme foi diferente. Prepare-se para relembrar os outros filmes da saga – e eu não vou contar mais porque se não é spoiler!Única crítica à trilha sonora que eu tenho: música da cena na Lapa, no Rio. O que foi aquilo?

Entrando no assunto Rio de Janeiro, uma cena inesquecível do filme é Edward Cullen falando português. E de bermudão.

E mais uma vez, dos personagens secundários, Charlie Swan rouba a cena! Seth também, mas é uma pena que ele tenha aparecido tão pouco…

Bom, fica difícil dar uma nota para o filme, porque eu não gosto muito desse livro. Mas, se isso serve de parâmetro, eu até chorei durante a cena do casamento. Então eu diria que sim, Amanhecer foi uma adaptação excelente!

Ah, e só mais uma coisinha: acreditem, a cena mais brega do filme NÃO FOI com o Edward Cullen…

8 respostas em “Análise: Amanhecer, Parte I

  1. MEDO da cena brega hahaha
    Não sei quando vou ver Amanhecer… depois de ter dormido durante Eclipse (que é o melhor livro da série, na minha opinião) perdi o gás pra ver os outros dois. E eu concordo com você sobre dois filmes serem desnecessários, especialmente com a “batalha” super fail do final. No fim das contas, o clímax desse livro é realmente o nascimento da coisinha, e eu duvido que seja diferente nos filmes, a não ser que a “batalha” no final seja realmente uma batalha. Anyway…

    • O livro está muito difícil, então estou achando difícil eles mudarem algo na batalha. Mas bem que eu queria hein!
      Agora quando a parte II, humpft! Assistir Jacob lá babando pela Nessie e uma batalha que nem vai acontecer? Não consigo ficar animada. Realmente, as melhores cenas ficaram na parte I…
      Aliás, agora que eu estou me lembrando que eu li por alto que vai ter alguma coisa diferente do livro na parte II, mas é relacionado ao Jacob!

  2. Eu sei que vcs são fãs, mas eu só veria… se fosse pra rir. rsrs
    Sorry, Lany! Uma amiga minha viu e disse que estava bem… er…
    Enfim.

    Eu não cheguei a assistir outros filmes, além de Crepúsculo (mas não ligo para spoilers tb, então li sua análise. rsrs), mas fiquei curiosa com as cenas cofpiegascof bregas só pra rir um pouquinho mesmo.

    Bjs bjs!

    • Tem algumas cenas que são para rir, mas é legal Lucy hahaha! Mesmo agora todo mundo fazendo piada com Crepúsculo, eu ainda gosto da série até Eclipse. Mas tem algumas coisas de Amanhecer que… Não dá pra entender!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s