Queridinho do mês: Tyrion Lannister (Crônicas de Gelo e Fogo)

Para começar 2012 com o pé direito, o queridinho do mês de Janeiro é Tyrion Lannister (*risada maligna*, acharam que seria o Severus, né?), personagem de George R. R. Martin nas Crônicas de gelo e fogo. Amado pela maioria do fandom, odiado por um bando de malucas que quer encontrar padrões morais do século vinte e um em um romance medieval, Tyrion é, sem dúvida, para mim, o melhor personagem da série e o meu mais novo crush literário, como diz a Lany. Então, fica desde já o aviso aos navegantes: ESSE ARTIGO CONTÉM ALGUNS SPOILERS DOS TRÊS PRIMEIROS LIVROS, SE VOCÊ NÃO LEU ATÉ TORMENTA DE ESPADAS PARE AGORA OU SIGA POR CONTA E RISCO.

Assim como aconteceu com Harry Potter, tive uma certa resistência às Crônicas de gelo e fogo. Só li por que ganhei o livro de presente de uma amiga, leitora deveras empolgada. E cai de amores, como já era de se esperar.  Li os três primeiros livros de um fôlego só e agora estou subindo pelas paredes para ler o quarto, esperando pela mesma amiga voltar de viagem para começarmos a ler juntas. Só vi a série televisiva em dezembro, depois que já havia terminado Tormenta de Espadas. Então, não, não foi o Peter Dinklage a razão de eu ter caído de amores pelo Tyrion, ainda que goste muito dele e que ele tenha me deixado muito feliz por interpretar tão bem meu personagem favorito.

A primeira coisa que precisa ser dita sobre Tyrion Lannister é que ele sempre paga suas dívidas. A segunda é que ele é o cara mais brilhante de toda série. A terceira é que ele é feio pra caralho! Ah, e ele é um anão. Tem um olho azul e o outro negro. E não caminha, bamboleia. Ele ganhou uma cicatriz atravessando o rosto e perdeu a metade do nariz.

Em Guerra dos tronos, logo no inicio, ele é apresentado como um vilão. O típico vilão, irmão da rainha malvada. E como, logo no inicio, a gente já fica sabendo que tanto a rainha quanto o outro irmão (Jaime, o irmão bonito), não valem nada, a gente já conclui que ele também não vale nada. É só quando surgem os capítulos sob o seu ponto de vista que a coisa começa, gradativamente, a mudar de figura. A gente começa a perceber que ele é um cara sagaz, calculista mas que, ao mesmo tempo, é um tanto romântico, com fraco para “bastardos, aleijados e coisas quebradas”.

Então ele é raptado pela Catelyn Stark e, durante seu rapto, a gente percebe que ele é capaz de se livrar de qualquer enrascada por pior que pareça.

Em Fúria dos reis, meu livro favorito da série, ele é enviado pelo pai para Porto Real, para servir como mão do rei e botar ordem na casa, coisa que ele faz com perfeição, mas não recebe o devido reconhecimento. Mão do Rei em ASOIF é o mesmo que Professor de Defesa contra Artes das Trevas em HP, né? Um cargo amaldiçoado. E, até onde li, Tyrion foi a única mão a deixar o cargo com vida. Sem nariz, mas com vida.

É somente em Tormenta de Espadas que a gente fica sabendo o quanto a sua história é triste e o quanto seu pai é um grandessíssimo FDP. A gente vê o quanto Tyrion anseia  a aprovação do pai e teme pelo que o mesmo pode fazer. E, ao fim de tudo, temos o ponto sem retorno, onde a gente sabe que a partir dali nada mais será como antes e tudo que nos resta é torcer para que ele fique bem e supere tudo que aconteceu.

Eu, particularmente, que ainda não li Festim dos Corvos nem A dance with dragons, estou torcendo que ele encontre Danaerys e a ajude conquistar Westeros. Ou, que, pelo menos,  o querido autor não resolva mata-lo. Tyrion merece um final feliz.
E, antes que alguém pergunte, eu não tenho problema nenhum com o que aconteceu com a Shae. No lugar dele, teria feito o mesmo!!!

20 respostas em “Queridinho do mês: Tyrion Lannister (Crônicas de Gelo e Fogo)

  1. “odiado por um bando de malucas que quer encontrar padrões morais do século vinte e um em um romance medieval” hahahaha! Adorei isso!

    Eu não vi mtos spoilers dos livros, aliás (pq vc já me falou todos do livro). E torço pelo Tyrion, acho q ele é o único Lannister que merece sobreviver (isso pq ainda não consegui ler os livros, mas detalhes… rsrs)

    Bjos bjos

      • Ele merece sim. Ow, dá vontade de levar o Jaime pra casa e dizer que vai ficar tudo bem. O cara é muito perturbado. Tanto que dá dó.

  2. Ah eu adoro o Tyrion! Ele certamente é um dos meus preferidos da série, e se alguma coisa acontecer com ele eu vou ficar muito mas muito brava!!! Eu também achava que ele não prestava no começo que nem os irmãos dele, mas se formos parar pra analisar ele é um dos únicos Lannister com um pouco de dignidade. Sobre padrões morais, por isso que eu gosto dos Starks: os padrões morais deles são INEXISTENTES em qualquer época hahahaha

  3. Eu detestei o Tyrion durante todo o “Guerra dos Tronos” e só fui começar a ter simpatia por ele em “A Fúria dos Reis”. Agora em “Tormenta de Espadas” é que fui realmente gostar dele. Poxa, a vida dele foi uma droga. Que pai de merda que ele teve. Mas meu Lannister favorito é o Jaime. Sei lá, dá uma dó dele com aquela história da Cersei… Eu até entendo a Cersei, mas poxa, o Jaime é uma apaixonado…

    Eu chorei tanto na cena em que a Sansa casa com o Tyrion. Coitada, eu fiquei com tanta dó dela… Fiquei arrasada. Mas o Tyrion foi legal com ela. Na verdade, ele foi a pessoa mais legal com ela até agora na série inteira!!!!!

    Eu amo os Stark. Sério. Eles são o cúmulo da honra e muitas vezes são o que me fazem continuar lendo essa série onde ninguém presta…

    • Ele foi um perfeito gentleman com ela. Duvido que outro tivesse agido da mesma forma. E ainda assim ela foi horrível com ele. Ainda que eu entenda os motivos dela e talz, coitada, mas… AFFE!!!!
      Eu gosto dos Starks, mas não consigo torcer por eles. Eles não se ajudam. Só a Arya. E o Robb podia ter mantido as pernas fechadas, né? ¬¬”

      • Ah Mi, eu não acho que a Sansa foi horrível com ele não. Eu acho que ela estava reagindo a uma série de situações traumáticas na vida dela. O que o Joffrey e a Cersei fizeram com ela foi terrível. É claro que ela não confiaria num Lannister, mesmo ele sendo aparentemente legal.

        Mas eu gosto dos Stark justamente por eles serem tão corretos, sabia? Eu adorava o Ned… adorava o Robb… apesar de, claro, eu ter querido bater nele demais… mas eu fiquei muito triste com o Casamento Vermelho… A Catelyn era a única que me cansava, mas ela era Tully. há

      • Mas se vc olhar pelo lado dele, ela foi horrível. Coitado. Fiquei morrendo de dó dele quando todo mundo começou a rir. Mas entendo o lado dela, justamente pelo que tu explicou, Mel. Não odeio a Sansa, eu gosto bastante dela (apesar da criaturinha não se ajudar).
        No entanto estamos falando do MEU QUERIDO do livro todo. Tudo que ele faz tá certo, tudo que fazem contra ele tá errado. Simples assim. =D
        E eu amo o Robb também. Mas ele tinha que arrumar uma biscate, né? AFFE!!!
        O Casamento Vermelho me deixou PASSADA. Eu sei que sou horrível, mas só me senti bem novamente no casamento do Joffrey. Quando ele começou a arregalar os olhos e arranhar a garganta. Eu vibrei!!!

      • Ah eu não me recuperei do Red Wedding até hoje! Dois livros depois e eu ainda não superei. Achei que a morte do Joffrey fosse ajudar, mas nem. Achei que o Lannister-Master morrendo do jeito que morreu também fosse ajudar, mas nem. Não consigo perdoar o GRRM. Nunca vou conseguir!

      • Mas a tua situação ali é diferente, Ily. Eu me coloco no teu lugar, se tivesse sido com o meu personagem favorito, eu teria parado de ler o livro. Eu ainda não me conformo com o Casamento Vermelho. Eu quero que todos os Freys tenham a pele arrancada pelo Fedor!!!

  4. nao li nenhum livro ainda mas adorei a historia, e os comentarios! acabaram de ganhar mais uma fã. vou ver se compro o primeiro livro ainda hoje !🙂

  5. Eu amo Tyrion! E fico “p… da vida” por ele ser tão injustiçado. Quando o obrigaram a casar com a “Sonsa” tiver a maior pena dele! Aquela broaca é uó. E a família dela não fica muito atrás. O pai era burro, a mãe burríssima, o irmão Rob nem se fala (cair no conto da perereca foi demais)! E mudando totalmente de assunto, não sei se o que vou dizer aqui será considerado spoiler porque é uma impressão minha, mas acho que o Jon Snow não é filho do Ned, e sim da irmã dele que com o último dragão, ou seja, ele é irmão da Daenaerys!!!

    • Eu achava que ele podia ser filho da irmão do Ned com o Robert mesmo. Mas realmente, ele ser irmão da Dany seria mais interessante. Será que se casariam?

  6. Nossa que legal…Por que eu entrei aqui mesmo? Só levei SPOILER -_-‘
    Antes de fazer algum comentário que contem spoiler eu aviso antes. u_u

  7. Depois do “casamento vermelho” ficou tudo meio indigesto, fiquei muito mal e só continuo lendo . mesmo por causa do Tyrion. Acho ele o máximo, sei que ele é feio, mas tem seu charme, acho um personagem interessantíssimo. Queria que ele fosse muito feliz com a Sansa como senhor de Winterfell.Ela é uma sem graça total, mas é uma moça bonita e bem-nascida, isso seria bom pro Tyrion com todos seus complexos e traumas.

  8. Também torço enlouquecidamente pelo Tyrion! Bah, achei muita sacanagem o Martin, ainda por cima de toda a sua feiura, arrancar o nariz dele. Torço, também, para que encontre com a Dany e conquiste Westeros. Acho que, de algum modo, vai acontecer.
    Eu sabia que ele iria fazer o que fez sobre a Sansa. Sabia! Porque ele é um romântico inveterado. Inteligente e fofo, ao seu modo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s