O Pequeno Príncipe

O Pequeno Príncipe. Um livro considerado infantil, mas que contém lições que todo adulto deveria se lembrar de vez em quando. Um livro emocionante e de fácil leitura, simples o suficiente para ser terminado em questão de uma ou duas horas ininterruptas. Um livro que se você ainda não leu, deveria.

O Pequeno Príncipe é de autoria de Antoine de Saint-Exupéry, escritor e aviador francês nascido em 1900 e que veio a falecer em 1944, quando seu avião desapareceu (um corpo foi encontrado perto do local onde acredita-se que ele tenha caído, e mais recentemente pedaços do avião e também uma pulseira com o nome dele também foram achados, mas até hoje não foi confirmado se o corpo é realmente de Saint-Exupéry, embora isso seja muito provável).

O livro começa com o narrador contando que quando criança desenhou uma cobra que havia comido um elefante. Quando ele mostra o desenho para os adultos, todos pensam que é um chapéu e não conseguem entendê-lo. O pequeno garoto então, abandona sua carreira artística e cresce para se tornar um piloto. Quando seu avião cai no deserto do Saara, ele encontra um garotinho, que pede a ele que desenhe uma ovelha. O narrador então faz o único desenho que sabe: uma cobra que havia comido um elefante. Mas o garotinho não se deixa enganar: ele sabe o que é aquele desenho e não fica satisfeito até que o piloto acerte em desenhar uma ovelha para ele.

É assim que conhecemos o Pequeno Príncipe, e à medida que o narrador aprofunda sua amizade com ele é que nós aprendemos mais coisas a seu respeito. O Pequeno Príncipe mora em um planeta do tamanho de uma casa, com três vulcões: dois ativos e um extinto. Ele passa o tempo cuidando de seu planeta, e se apaixona por uma rosa que faz moradia lá. Aparentemente a rosa, extremamente vaidosa, não corresponde ao seu amor e então o Pequeno Príncipe resolve sair para explorar outros planetas. Antes de chegar à Terra, ele visita seis outros lugares, cada um diferente à sua maneira e com uma lição a ser aprendida.

Na Terra, antes de encontrar o narrador, o Pequeno Príncipe conhece a Raposa, cena mais famosa e que nos fornece as frases mais marcantes de Saint-Exupéry. É nessa cena que a Raposa descreve para ele e o faz entender o que é o amor, tornando impossível não nos emocionarmos durante sua leitura.

Existem diversas adaptações em várias mídias da história do Pequeno Príncipe, mas não acredito que nenhuma seja tão poderosa quanto a leitura dessa história linda que não deveria ser considerada apenas para crianças, mas também para a criança que todos nós já fomos.


Cena da Raposa: O essencial é invisível aos olhos.

7 respostas em “O Pequeno Príncipe

  1. A primeira vez que eu li “O Pequeno Príncipe”, eu era adolescente. Peguei o livro emprestado e simplesmente adorei! No ano passado, eu resolvi comprar a minha versão… E esse é aquele tipo de livro que você consegue ter uma interpretação completamente diferente dependendo de quando o lê. Com certeza, eu aproveitei muito mais a leitura agora!
    E eu comprei a versão em francês. Como eu estou aprendendo a língua, quero que esse seja o primeiro que eu vou ler nesta língua (e com certeza com a versão em português ao lado para me auxiliar, já que meu francês é muito primário hahaha).

    • Concordo Lany, é o livro infantil feito pra adultos, que nos faz refletir. Eu li ele pra Lucy (que tem 8 anos) e ela adorou a fantasia da história, mas não entendeu o simbolismo, as lições. Acho também que a cada vez que relemos um livro, a mensagem é diferente porque estamos em fases diferentes de nossas vidas. Nem preciso citar Harry Potter né? É a série de livros que eu mais releio (pelo menos 1 ou 2 livros por ano) e mesmo assim a cada releitura eu aprendo uma coisa nova, percebo um detalhe novo que me diz algo diferente do que me disse a primeira vez. Isso é o que me fascina em ler.

      E sim, eu acho que você deve ler o original. Sempre é melhor, não tem jeito! Um dia eu chego lá também hahaha. Por enquanto quero a versão em português, porque só em inglês e honestamente “tamed” não combinou com “cativar” haha.

  2. Ah, eu gosto mais do vídeo que tem do filme. hahaha É uma versão bem antiga, com o ator que fez o primeiro Willy Wonka, sempre esqueço o nome dele. Tem no meu orkut, acho.

    Sobre o livro, é daqueles livros infantis para adultos. Simplesmente adoro, mas ainda não tenho a minha versão.

    • Eu vi um trecho desse vídeo, acho que tem ele completo no YouTube. Mas ainda não cheguei lá. Um dia eu vejo tudo haha.

      Lucy, aqui foi lançada uma versão com desenhos pop-up que é a coisa mais linda do mundo! Eu fiquei tentada a comprar, mas tava $20 mais cara então fiquei com a normal mesmo… mas esse é um livro que quero ter em português também!

  3. Esse livro é pra todas as idades e é simplesmente lindo. Minha edição é toda especial porque tem uma dedicatória que minha mãe escreveu pro meu pai quando eles eram namorados.🙂

    Fiquei com vontade de reler.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s